sábado, 23 de julho de 2011

MENINAS AO VENTO



http://galeria.muraldebugarin.com/index.php/2011-07_20-pASSEIO-DAS-mENINAS-AO-vENTO?page=2

MENINAS AO VENTO PEDAL PARA GRAVAÇÃO TVE

sexta-feira, 22 de julho de 2011

CARTILHA JABUTIS VAGAROSOS

CARTILHA JABUTIS VAGAROSOS

Valci Barreto, Editor do bikebook.com.br Colaborador do muraldebugarin.com Folha do Reconcavo
JABUTIS VAGAROSOS é um grupo de passeio ciclístico de Salvador, gratuito, respeitoso, bem humorado e disciplinado.
O interessado pode vir com bicicleta nova, velha, enferrujada, cara, barata, desde que rode. Pessoalmente, prefiro bicicleta simples, sem marchas, que tenham buzina “trintrin”, bagageiro, cestinha e descanso, todos eles muito úteis para passeios urbanos:
-O bagageiro, de preferência com cestinha, para recolhimento e condução do lixo produzido pelo ciclista até o depósito mais próximo, transportes de merendas, frutas, livros , coisas que compramos , levamos ou recebemos pelos caminhos.
-O descanso, pela facilidade de acomodação nas paradas, especialmente para não sujar paredes.
Há um preconceito contra bicicletas com descanso, bagageiro, cestinha e sem marchas. Nós, do Jabutis Vagarosos, combatemos este tipo de preconceito, mesmo quando estamos pedalando em bicicletas mais caras e sem estes equipamentos. Para pedalar em nosso grupo, basta a bicicleta rodar e estar sempre revisada. Importante para nós é o passeio , não o preço da roupa ou da bicicleta.
-A roupa, pode ser qualquer tipo de camiseta, short, tênis. O jabutis não possui camiseta padronizada. O interessado pode vir com as de uso comum. -Recomendamos uso de capacete, luva, tênis para a segurança do ciclista.
PONTUALIDADE DOS JABUTIS: Marcados local e horário de saída, quem quer vai, quem não quer fica em casa ou vai para outro passeio.. Não precisa ficar ligando para saber se o passeio vai acontecer ou não, se as pessoas já chegaram ou não. Marcado horário e local, o passeio vai acontecer naquele local, dia e horário, ainda que com uma pessoa apenas. Não adianta ligar pedindo para esperar. O jabutis não espera, exceto em casos raros: algum acidente, um pneu do ciclista que furou no trajeto, algum dilúvio, coisa assim. E quem chegar ao local e horário, também não precisa esperar por mais ninguém: pode pegar sua bicicleta e sair por aí. Ninguém vai ficar zangado por isto. Não ligamos para convidar, nem passamos e mail para avisar dos nossos passeios. Estes , podem ou não ser enviados. Todas as nossas comunicações são feitas por e mail e avisos que são postados no bikebook.com.br e ou no muraldebugarin.com, até a quinta feira.
Pode haver um passeio do JABUTIS sem postagem no site, isto porque alguns passeios destinam-se a algumas pessoas , programas, locais para os quais há limitação de pessoas ou de bicicletas para aquele evento.Quando é postado o aviso de um passeio no muraldebugarin, ou no bikebook.com.br, é porque todas as pessoas são convidadas, desde que estejam de acordo com o tipo de passeio, distancias e sempre observados os mandamentos desta cartilha. O Jabutis Vagarosos é para quem gosta de conversar, visitar livrarias, sebos, espaços culturais, museus, feiras culturais, shows, bibliotecas comunitárias, pequenas quitandas, visitar amigos em hospitais, casa de comadre, compadre, clubes sociais, festas, shows, merendar ou almoçar , normalmente em barracas de frutas, quitandas, restaurantes simples, feiras livres. Tudo sem 'vamo vamo ", sem tá na hora, sem "arrocha, arrocha". É também para quem não se importa em empurrar as bicicletas onde não se puder pedalar. Quem não tiver condições físicas para subir uma ladeira pedalando, pode subir empurrando . Jabuti gosta muito de empurrar bicicleta, escolhendo este momento para a conversa, contemplação, troca de informações, estreitamento de amizades.
Nada de buzinadas, gritarias, desrespeito às pessoas. Isto nem é pensando no Jabutis e, simplesmente, jamais acontece.
Quem quiser fotografar, terá o tempo que quiser, especialmente se o fotógrafo for o Bugarin, do muraldebugarin.com. Ninguém pode dar pressa a ninguém. Pode sugerir para sentar, levantar, ir embora, mas sem correrias, stress, nem “vamo vamo.”
Pode vir pobre, bonito, feio, rico, letrado, analfabeto, que terá sempre o respeito do grupo. O essencial é a educação, o respeito ao universo do Jabutis Vagarosos.
Recomendamos para trazer garrafas de água ou camel back , trocados para almoço , merenda, água.
Para o almoço , que raramente acontece, escolhemos sempre locais de comida a peso por tudo de prático que oferece. Na maioria das vezes paramos em mercadinhos, barracas de frutas, quitandas, o que nos deixa, quase sempre, sem fome suficiente para almoços. Mas estes também aconteçem, normalmente sugerido no próprio pedal.
As despesas, cada um paga a sua e a amizade continua. Nos passeios, normalmente não há paradas para cervejas ou bebidas alcoólicas. Nada contra quem toma uma cervejinha, desde que não se embriague nem imponha aos outros a espera para a tomada de uma, duas, três ou “todas”.Se quiser tomar todas, nada contra: ele fica bebendo e nós vamos embora, pedalando, sem estress, sem zanga, sem cobranças e sem culpa.
Normalmente acontecem os passeios em sábados, domingos e feriados pela manhã. Tudo que fazemos é de forma amadora. Não temos camisetas, roupas padronizadas. Se alguém quiser fazer a sua, sem problema, pode usar o nome e desenho do jeito que achar melhor. Jamais cobraremos direitos autorais; mesmo porque o Jabutis é estado de espírito, forma de ser e de pedalar e não marca de passeio.
APRESSADOS, INDISCIPLINADOS, PESSOAS QUE NÃO SE ADAPTAM aos horários combinados para o início do pedal, ao convívio em grupo, às improvisações decididas no roteiro, gente que reclama de tudo e mal humorados, pedimos para nem comparecer. Nossa turma é uma festa e bom humor permanentes.
Nos jabutis há também ciclistas que pedalam forte, e grandes distancias,.Mas estes dotes ficam para serem usados em outros passeios. O nosso é lento, tranqüilo. Muitas vezes, porem, vamos para locais mais longe como Guarajuba, Simões Filho, Praia do Forte, Ilhas da Bahia, Santo Amaro. Para estes, devem ir apenas os treinados. Quem preferir, pode ir de carro para o destino, para o local onde o passeio realmente acontecerá, porque lá o passeio acontecerá também de forma lenta, em rítimo jabuti e sem estress.
Publicado no mural ou no bikebook.com.br, local e horário de saída, não adianta ligar pedindo para adiar, mudar roteiro ou aguardar. Quando marcado, é porque vai acontecer ainda que com uma pessoa só. Se ninguém ou só alguns aparecer, os que chegarem façam o mesmo: pegue suas bicicletas e faça seu próprio jabutis.
Detestamos aqueles telefonemas: “ todo mundo já chegou?”, "Me espere”,” tô saindo”,” “Já tô chegando”.
Também não atende aquele pedido do “descansado”: “ Se tiver algum passeio me avise” . “Me ligue”. Pedimos desculpas a todos, mas dificilmente ligaremos. Preferimos sempre estarmos pedalando do que telefonando ou atendendo telefonemas.Pedimos a compreensão para dizermos a todos: se formos telefonar para os que nos pedem, teremos que criar um call center.... Gentilmente, pedimos sempre: olhe o muraldebugarin.com, ligue para nós ou mande um e mail que daremos as informações.Os disciplinados que comparecem ao local no horário não devem pagar os incômodos que sempre causam os retardatários. Temos respeito pelo que cansar. Esperamos o tempo necessário para a recuperação. Se quiser desistir, dependendo de onde o grupo estiver, aconselhamos e indicamos táxi que conduzirá o desistente, pagando este as despesas, ou retornamos para levar a pessoa ao ponto que esta indicar, tudo sempre feito dentro do consenso, respeito e, sempre e sempre, na mesma festa.
Todas as vezes que precisamos da LIGUE TAXI , esta empresa sempre disponibilizou algum táxi para conduzir o passageiro com sua bicicleta. O ciclista deve avisar à empresa que quer um táxi para conduzir um passageiro com bicicleta. Jamais houve qualquer dificuldade. O humorista Jaiminho, ator e motorista de táxi, é um dos que, estando circulando, sempre atende. Conduzido por Jaiminho você ainda se diverte com as estórias deste artista, cujo talento vem sendo reconhecido pelo público baiano. No táxi, o show é cortesia.
Apesar de tantas regras, que pode parecer um passeio complicado, elas foram elaboradas para disciplinar, educar as pessoas a terem respeito pelo tempo, alegria e disciplina em grupo. Os disciplinados já conhecem todas estas regras, que são as mínimas para que o passeio seja gostoso, bem humorado, disciplinado, respeitoso e, sempre e sempre, produtivo e alegre.
O Jabutis Vagarosos não é escola para aprender a andar de bicicleta. O interessado já deve saber pedalar e estar acostumado a pedalar pelo menos uma hora em academias, perto de casa ou em condomínio. O que tentamos ensinar, a quem não tem ainda a vivencia, é como pedalar nas ruas, mostrar para as pessoas que, apesar de toda a loucura e falta de respeito dos motoristas em relação ao ciclista, com cuidado e atenção é possível andar de bicicleta em Salvador, mostrarmos para todos que nossa Capital é plana para bicicleta. As pequenas ladeiras do centro da cidade(Montanha, São Raimundo, Ladeira da Barra) podem ser vencidas em menos de dez minutos empurrando , bem devagar, as bicicletas. O exagerado uso do carro e a pressa escondem estas informações, tão preciosas para uma vida mais simples e melhor.
=MINAS AO VENTO, BICICLETADA -MASSA CRITICA: VEJAM NO FACEBOOK , ESTES GRUPOS QUE ESTÃO REVOLUCIONANDO COM SUAS PREGAÇÕES EM FAVOR DAS BICICLETAS COMO MEIO DE TRANSPORTE , DA PAZ E DE UM MUNDO MELHOR, INCLUSIVE EM BICICLETAS.



Nós, do Jabutis Vagarosos, não fazemos pedais para quem não quer, para quem não gosta de bicicleta. Fazemos para aqueles que tem vontade, mas não tem coragem de enfrentar as ruas. E o fazemos com todos os cuidados que a violência urbana nos impõe. Com nossos pedais, temos vivido momentos e alegrias impossíveis de serem experimentadas dentro de um carro. Divulgamos estas vivencias para quem delas queiram participar.
Não venha para o Jabutis sem antes estar treinando para pedalar pelo menos uma hora. Este treino pode ser feito perto de casa, em academia e até mesmo dentro de uma garagem. Basta criar a disciplina.
Participamos de todos os movimentos cicloativistas baianos.
Vejam nossos sites e blogs:
Bikebook.com.br Muraldebugarin.com Veja outros grupos, publicados no muraldebugarin.com e escolha o do seu perfil e pedale.
DICAS DE LIVROS: Todos os clássicos, porque foram testados por gerações. São sempre novos.
Dica de livro: “Porque Deixei a Microsoft”- de John Wood.
=Tenda dos Milagres, de Jorge Amado ==== -Não jogue livros nem revistas usadas no lixo. Faça doações. Veja onde, no bikebook.com.br
-fotos dos nossos passeios estão publicadas no muraldebugarin.com, em galeria de fotos. -há vídeos também no you tube. Que podem ser acessados com os títulos: “muraldebugarin.com”,valci Barreto”, bikebook.com.br,” passeios de bicicleta em salvador.”
================= PASSEIOS CICLISTICOS EM SALVADOR ================ Todo primeiro domingo de cada mes, quando não coincide com alguns feriados nas vésperas, acontece o grande pedal da Asbeb, saindo às 09 da manhã da Fonte Nova, Dique do Tororó. É um passeio lento, vai gente de todas as idades, é de graça, e pode ir com qualquer bicicleta, desde que rode. Os organizadores pedem um kg de alimentos para doações a entidades carentes. O alimento dá direito a concorrer a bicicletas e brindes que são sorteados no próprio passeio. PASSEIOS CICLISTICOS NOTURNOS
São muitos os passeios ciclísticos noturnos em Salvador. Temos passeios organizados de segunda a 5ª feira, com saídas nos seguintes pontos: Farol da Barra, 21 horas, Posto de gasolina em frente ao Aero Clube, 21 horas, Chaminé do Rio Vermelho, 21 horas, ciclovia da Paralela, 20.30 horas, Memorial Luiz Eduardo Magalhães, Imbui.
Vejam mais detalhes no muraldebugarin.com, onde consta os links de grupos organizados de passeios cicliticos.
PASSEIOS EM FINAIS DE SEMANA
Os grupos NARANDIBA, MURALDEAVENTURAS, SINCRONIA, ITAPAGIPE É DO PEDAL, PEDAIS NA ESTRADA,SUBA AI, NATURABIKE AÇÃO, JARRAW,PEDAIS DE OURO, e tantos outros, realizam passeios em domingos e feriados, seguindo para os mais variados destinos, inclusive para fora do município.
Vejam mais detalhes no muraldebugarin.com, muraldeaventuras, bikebook.com.br, sincronia, pedaladadanoite.
Qualquer informação a respeito dos pedais baianos, comunique-se conosco que teremos o maior prazer em atender. valcibarretoadv@yahoo.com.br Alberto.bugarin@gmail.com

JABUTIS VAGAROSOS PEDALARÁ NESTE FINAL DE SEMANA

JABUTIS VAGAROSOS PEDALARÁ NESTE FINAL DE SEMANA.

Valci Barreto.
Bikebook.blogspot.com


O grupo de cicloativismo baiano, JABUTIS VAGAROSOS, fará dois passeios neste final de semana: sábado, dia 23, estará o Jabutis no Rio vermelho,  passando, exatamente, às 10.30 horas, no Mercado do Peixe. Dali, seguirei ou seguiremos para a rua Fonte do Boi, onde encontraremos com PYTER, do COISAS PRÁ FAZER EM SALVADOR.

No domingo, DIA 24.07.2011, sairemos às 09 horas, da frente do Bom Preço da Centenário, ao lado da passarela do Shopping Barra,em direção à Ribeira.

Não damos garantia, mas pode ser que almoçaremos no Boca de Galinha, na Suburbana. A decisão será tomada na Ribeira. Nossas discussões e decisões são tomadas sem burocracia e demora: levanta a mão da maioria e tudo fica resolvido. Não se gasta mais do que três quatro minutos pensando e decidindo. Tudo é simples no Jabutis . Complicada é  sua CARTILHA. Em compensação, deixa quase tudo eslarecido.

Apressados, nervosos, estressados, gente que tem dificuldade de conviver em grupo, pedimos para não comparecer. Nosso passeio é pura festa, sem buzinadas, gritarias, “vamo vamo”.

Vejam no you tube como tudo funciona.

bikebook.blogspot.com
muraldebugarin.com
===========


http://www.youtube.com/watch?v=ppJplapUrnw&feature=related


========================================


NO DOMINGO TERM REGATA NA RIBEIRA. E CANTO DA PRAÇA NO JARDIM DE NAZARÉ
====================================================================

quinta-feira, 21 de julho de 2011

GASTRONOMIA Para vcs


Postado por Bugarin

PEDALAR É SIMPLES

PEDALAR É MUITO SIMPLES

Valci Barreto
bikebook.blogspot.com
muraldebugarin.com
www.folhadoreconcavo.com.br



Meus caros, 

PEDALAR Pedalar  é muito simples. É uma das coisas mais simples do mundo! O  que dá trabalho para alguns  é vestir a roupa , encher pneus, lavar, lubrificar, especialmente para quem mora em apartamento. A bicicleta só seria mais fácil se tirassem carros e assalatants das ruas , andássemos nus e a bicicleta nunca , apresentasse defeito e os  pneus nunca murchassem. Mas aí , perderia a graça!


No mais, é tão simples como beber água. Para começar, é  só pegar sua bike e ir ao encontro de BICICLETADASALVADOR, MENINAS AO VENTO, PEDAL ASBEB, MASSA CRITICA , PEDALADASALVADOR,

Pelo menos uma vez na semana, acesse o bikebook.blogspot.com, muraldebugarin.com, dê uma olhada no facebook, procurando pelos mesmos pedais que neles você achará o que está procurando.

TODO PRIMEIRO DOMINGO DO MES, NA FONTE NOVA, 09 DA MANHÃ, PASSEIO ASBEB.

OLHAE O ROTEIRO DO JABUTIS VAGAROSOS. QUANTO A ESTE, É O MAIS COMPLICADO, POIS ATÉ A CARTILHA É MUITO GRANDE PARA LER.... Mas o pedal do Jabutis que se assemelha , quanto à velocidade , ao Meninas ao Vento, quase ninguém quer ir. Mas há fiéis que adoram, se maravilham. O Jabutis é tão virtual, que está em todos os movimentos cicloativistas e pouca gente o vê. Seus componentes "Básicos" são itana, bugarin, valci, deraldo, sergio bezerra, rose e quem aparecer. Às vezes, o jabutis é uma pessoa só!!!

Não venha ao Jabuitis sem ler a sua cartilha, que   é localizada no GOOGLE por  CARTILHA DO JABUTIS VAGAROSOS.

SE VOCE NÃO TEM CORAGEM DE IR PARA PEDALAR, Vá UM DIA ao local da saida,  FIQUE OLHANDO COMO FUNCIONA.

Se você gostar, depois do MENINAS AO VENTO, ASBEB, MASSA CRITICA, BICICLETADA SALVADOR, JABUTIS VAGAROSOS, não necessàriamente nesta ordem, o LIMITE É

O MURALDEAVENTURAS, JARRAW, 100 DESTINO,  E SEUS ARROJADOS BICICLETEIROS, É O LIMITE.

Se têm vontade, estão esperando o que?




Vejam alguns vides abaixo. BUSQUEM NO YOU TUBE POR , valci barreto, bikebook.blogspot.com, muraldebugarin.com, pedalando em salvador, ciclismo em salvador, cicloturismo em salvador.

Muita coisa lá para animar todos que tenham alguma duvida de que: SALVADOR É PLANA PARA BICICLETA . E QUE MESMO COM NOSSOS MOTORISTAS NOS AGREDINDO, É POSSIVEL PEDALAR EM SALVADOR.








NÃO IREI


Avisei ao pessoal, por aqui e pelo facebook, que estaria no pedal do dia vinte e cinco, do dia dos motoristas. Não havia observado que dia 25 é dia de segunda feira. SENDO ASSIM, PEÇO DESCULPAS PELO AVISO ERRONEO, 

DIZENDO A TODOS QUE NÃO PODEREI PARTICIPAR DESTE

PEDAL. 

FORTE ABRAÇO PARA TODOS.

VALCI.




MIL PEDIDO DE DESCULPAS AO PESSOAL: O PASSEIO DOS MOTORISTAS, NÃO OBSERVEI QUE SERÁ NA SEGUNDA FEIRA, DIA DOS MOTORISTAS. NÃO OLHEI O CALENDÁRIO, PENSANDO QUE FOSSE DOMINGO.

SENDO ASSIM, E TENDO COMPROMISSOS NO DIA 25 . SEGUNDA FEIRA, NÃO PODEREI IR. PEÇO DESCULPAS PELO AVISO DE QUE EU IRIA. DESCULPEM E MUITO OBRIGADO. QUEM PUDER, DEVE PARTICIPAR.
valcibarretoadv@yahoo.com.br
há 2 segundos ·  · 

Sistema cicloviário de Salvador

Texto encaminhado pelo adivogado, também cicloativista, ANTHAS.

Sistema cicloviário de Salvador agora é estabelecido por Lei

As diretrizes para implantação do novo sistema de transporte foram publicadas no Diário Oficial

  • Fonte: Redação
  • 20/07/2011 18h08
Os ciclistas de Salvador já podem comemorar. O Diário Oficial do Município publicou nesta quarta-feira (20) a Lei 8.040/2011, de autoria do vereador Gilmar Santiago (PT), que institui as diretrizes para a implantação do sistema cicloviário de Salvador, visando o uso de meio de transporte voltado para a mobilidade urbana sustentável.

A lei prevê que Salvador seja beneficiada por ampla rede viária constituída por ciclovias, ciclofaixas, faixas compartilhadas e rotas operacionais de ciclismo; além de locais específicos para estacionamento: os bicicletários.

“No próximo dia 26 de julho, às 9 horas, no Plenário Cosme de Farias, realizaremos a sessão especial da Câmara para debater o sistema cicloviário de Salvador e compatibilizar o projeto que está sendo elaborado pela Conder com as diretrizes estabelecidas na lei”, comentou Gilmar Santiago.

Notícias da Expedição na Chapada dos Guimarães

Olá Pessoal, 


Vejam como está sendo a Expedição na Chapada dos Guimarães do Mural de Aventuras!!
  
Segue o link abaixo:
http://muraldeaventuras.blogspot.com/2011/07/noticias-da-expedicao-na-chapada-dos.html
Deixem os comentários!!!
Para postar comentários, clique no link "Comentários" ou "Postar um comentário" e depois de digitar seu texto, escolha a opção "Nome/URL", basta digitar seu nome e clicar no botão "Publicar Comentário".
 

Postado por Bugarin

quarta-feira, 20 de julho de 2011

BICICLETADA _ SSA

MENINAS AO VENTO, BICICLETADA E MASSA CRÍTICA-VENCENDO PRECONCEITOS.

 
VALCI BARRETO
Advogado, estudante de Jornalismo
Cicloativista baiano
Muraldebugaww
TV RUA, NO YOU TUBE
 
 
 
 
 
Em Salvador, mesmo aquelas pessoas que usam a bicicleta como meio de transporte ou para um simples passeio, têm preconceitos em relação a bicicletas com equipamentos como descanso, buzina trin-trin bagageiro , cestinha, retrovisores.
 
Há alguns anos, a escribiker, relações públicas, cicloativista baiana, do Jabutis Vagarosos, Itana Mangieri, escreveu um texto que é um “clássico da literatura cicloativista baiana”, “Minha Bike Tem Cestinha”, que fez um grande sucesso fez sucesso entre um ainda pequeno mundo do cicloativismo baiano.
 
Mesmo com o sucesso, do texto, o preconceito não foi vencido. Já escrevi sobre “As minhas bicicletas”, também publicada em nossos blogs, onde afirmo que marchas em bicicletas não têm maior importância para transitar nas ruas baianas. Quando estou sozinho prefiro, inclusive, as sem marchas. Mas aí é outra estória que já está em meu citado texto.
 
São poucos os que se “aventuram” a colocar bagageiro ou cestinha em suas bicicicletas.
 
Mas tudo começa a mudar, para melhor, com os novos grupos que já estão na rua como MENINAS AO VENTO, quase sempre com estes equpamentos em suas bicicletas.
 
 
Aproveitando o embalo “revolucionário” do Meninas ao Vento,” estou aqui para sugerir a incorporação de mais um elemento de muita importância para a segurança de quem pedala nas ruas que é a bandeira . Além do capacete, luva, espelhos retrovisores, a bandeira é de muita importância para a segurança do ciclistas em centros urbanos.
 
Por isto,sugiro que as meninas ao vento incorporem às suas bicicletas um bandeirinha em seus bagageiros, com tamanho padronizado. As bandeiras , além de embelezarem ainda mais o grupo, darão , com certeza maior segurança ao pedal, especialmente nos pedais individuais.
 
Não estudei o assunto. Sei que antes tal equipamento era obrigado ou sugerido em muitos países, havendo desenhos animados, da Disney, sobre o tema. Mas, haja ou não norma expressa impositiva ( o código não fala),  o bom senso, os cuidados, a necessidade de usar o maior número de equipamento para nos defender do transito louco, irresponsável, nos induz a esta prática.
 
Considerando a capacidade agregredora do Meninas, Massa Crítica, Bicicletada, sugiro o estudo de padrão, tamanho, forma para sua implantação , para quem estiver de acordo .
 
Proponho que se remunere uma das nossas desingers, como Márcia, estudemos a forma , tamanho, tipo de tecido.
 
Além de tudo, a bandeira funcionará ainda como espaço de divulgação de marcas, grupos, nomes de pessoas.
 
Eu já vou encomendar a minha, com a marca da TV RUA e dos nossos blogs.
 

Postado por Bugarin

Fotos do passeio da ASBEB



Feitas por Maurício Bike no muraldebugarin.com 
Postado por Bugarin

GRANDE PASSEIO DE BIKE - DIA DO MOTORISTA 25-07 10HS

 Grande passeio de bike acompanhando a Auto escola STATUS - Largo de Roma.


Saída 10hs

Roteiro:
Largo de Roma – Calçada – Moinho Salvador - Calçada – Regis Pacheco – Uruguai - caminho de Areia  - Ribeira – Av. Denzezeiros - - Baixa do Bonfim – Largo de Roma.
  
Agradecemos antecipadamente a vossa atenção de sempre.


Diretora Geral – Auto Escola Status – Tel.: 3314-0651 *8735-6712
Mary Márcia Nogueira de Abreu


TRATA-SE DE UM PROJETO CONFORME ABAIXO:
PROJETO PAZ NO TRANSITO

 DIA DO MOTORISTA (  25 DE JULHO )
A ARTE DE EDUCAR PARA O TRANSITO É UMA QUESTÃO DE ADOTAR A CIDADANIA COMO O EXERCICIO DA EDUCAÇÃO,TRANSFORMANDO ASSIM O SER HUMANO EM UM CIDADÃO RESPONSAVEL POR  SI MESMO E PELOS OUTROS. INDUZINDO A SOCIEDADE A SE CONCIENTIZAR  DA IMPORTANCIA DE TRANSFORMAR O TRANSITO ATUAL  EM UM  TRANSITO MAIS HUMANO, MAIS CIVILIZADO E MAIS CIDADÃO;ONDE A PAZ SEJA O SENTIMENTO CONDUTOR DAS NOSSAS VIDAS.

OBJETIVO DO PROJETO:
PROMOVER UM ENCONTRO ENTRE PROFISSIONAIS DA AREA, ALUNOS,CONDUTORES E PEDESTRE.

ESTAREMOS NO DIA 25 PROMOVENDO PALESTRAS EDUCATIVAS, FAZENDO SORTEIO DE BRINDES NA RÁDIO EDUCADORA, ALÉM DE DOAR ALIMENTOS NÃO PERECIVEL AO INSTITUTO CENTRAL DE CIDADANIA, LOCALIZADO NA RUA SATURNO,55E-PERNAMBUÉS.
INICIAREMOS ÁS 10 HORAS COM UMA CARREATA PELA CIDADE BAIXA, CONTANDO TAMBÉM COM A PRESENCA DE PEDESTRES, CICLISTAS E MOTOCICLISTAS .
VISANDO ASSIM, DESTACAR UMA DAS DATAS COMEMORATIVAS MAIS IMPORTANTES DO CALENDARIO, POIS ESTAMOS FALANDO DE VIDAS HUMANAS.
VAMOS TODOS JUNTOS LEVANTAR ESSA BANDEIRA, VAMOS CONSTRUIR UM TRANSITO MELHOR PARA TODOS NÓS.

Postado por Bugarin

Meninas ao Vento

Só para mulheres: 
Oi, oi, charmosas ao vento!!!!!!!!!!!
Vamos caprichar no look amanhã, ok?! Comemoração do 6º mês de vida do Meninas ao Vento! A noite será muito especial!
Ana Elisa19 de julho de 2011 21:26
Só para mulheres:
Oi, oi, charmosas ao vento!!!!!!!!!!!
Vamos caprichar no look amanhã, ok?! Comemoração do 6º mês de vida do Meninas ao Vento! A noite será muito especial!
Postado por Bugarin

terça-feira, 19 de julho de 2011

segunda-feira, 18 de julho de 2011

DIVIDINDO O "especial"

Aos caros companheiros do Massa Crítica, Meninas ao Vento:

O agradecimento especil recebo como gentileza e prova de nossas afinidades no pedal além de certo que todos os grupos ali presentes entendem esta gentilieza. De toda, ALEM DE AGRADECER, DIVIDO COM TODOS QUE ALI ESTIVERAL, ALGUNS DELES COMO NARANDIBA E ITAPAGIPE É DO PEDAL QUE MURAL DE ROTEIRO PARA ESTAR PRESENTE, COMO SEMPRE ESTIVERAM EM TODOS OS MOMENTOS EM AS BICICLETAS E NÕSSAS MENSAGENS DE PAZ ESTIVEREM PRESENTES.

BICICLETEIROS MOSTRA SUA CARA, INDIGNAÇÃO E ESPERANÇA.

BICICLETEIROS  MOSTRAM SUA  CARA, INDIGNAÇÃO E ESPERANÇA.


Valci Barreto
Bikebook.boogspot.com.
Muraldebugarin.com




No mesmo dia em que o Jornal Correio registra  a preocupação dos órgãos de segurança pública com assaltos e violências cometidas por motoqueiros e noticia a mobilização dos ciclistas baianos em favor da paz no transito;  o Jornal à Tarde estampa, em sua primeira página , um  símbolo de dor e de esperança reveladas por baianos que usam suas bicicletas para , também, levarem mensagens  de PAZ.

Há assaltantes em motos, carros , aviões, barcos, a pé e de bicicleta. Quem mata não é revolver nem a bala : é que aciona ou manda acionar o gatilho.

Entende-se a preocupação da equipe de Segurança do Estado da Bahia, Policia Cível e Militar, com o crescente número de crimes praticados por motoqueiros também divulgada no Correio de hoje.

No dia 17 de julho de 2011, os bicicleteiros baianos estavam na Centenário  pedindo PAZ.

 No caso  , o crime ou acidente que motivou a manifestação,  foi cometido por alguém que dirigia um carro, com placa anotada e que, até o memento, ao que se sabe, não foi localizado o motorista.

Não se pode acreditar que o Estado não tenha instrumento para poder apresentar à população quem vitimou o ciclista baiano, notadamente no momento em que são divulgadas  as comemorações pela redução dos  homicídios na Bahia.

Não podemos culpar motociclistas pela violência que toma conta do nosso país . A responsabilidade é de todos nós por não temos forças nem coragem para exigir uma atuação do Estado;  nem  para nos defender da sanha dos malfeitores.

O crime anda também de bicicleta: é crescente, o numero de marginais que assaltam usando a bicicleta  como meio de transporte. Estes últimos, sequer, compõem as estatísticas governamentais. É  tamanha a ausência do Estado em relação à proteção da sua população que muitos criminosos   sequer  cuidam de se esconder.


Um capacete não deixa de ser um forte aliado do crime.  Mas  não resta dúvida de que o maior de todos é o descaso, inércia, ou impotência do Estado .O nosso estado, a não ser quando há um clamor público, dificilmente  se anima a, pelo menos, processar e julgar alguém que atropela, mata, e  foge dirigino.

A esperança está em movimentos como os dos ciclistas, clamando por ações em favor da paz no trânsito, já que o Estado tem falhado na sua missão de punir infratores da lei, excetuado devedores de tributo que não tenham influencias maiores junto ao Poder Público ,ou nos casos de clamor público permanente.


O arrombador do Stiep, mostrado pelas câmeras de TV do mundo inteiro, está solto, mesmo tendo, segundo a imprensa,  outros processos em que foi condenado; o atropelador de Porto Alegre estava de carro, prestou depoimento e seu processo certamente caminhará para a galeria dos prescritos; O atropelador da Av. Centenário estava de carro ; sua placa foi anotada; fugiu do local do acidente ou crime e, sequer, foi o proprietário do veículo apresentado à opinião pública.

Como vê nenhum deles estava de moto , muito menos com capacete. Do local do crime ou acidente, só fugiu o atropelador da Centenário. Que ele até não  apareça, esconda-se, como tantos outros, mas que o  Governo apresente o nome do proprietário e onde se contra o veículo, mesmo que seja para nos dizer um assaltante roubou-lhe o veículo e que, por causa do capacete,  não pode identificá-lo.

A final, não é em qualquer beco e escadas de favelas que veículos podem transitar; e certo da impunidade, não há duvida de que seu proprietário guarnece o seu  com muito carinho em alguma garagem da sua casa, fazenda ou sítio. O  descaso, ou impotência do Estado perante a crescente criminalidade  não tem qualquer relação com moto nem capacete e sim com a impunidade. Arestides Baptista,  na primeira  página do Jornal À Tarde do dia 18 de julho de 2011, transmite o recado de esperanças que o Governo tem negado à sua população nas questões de segurança, não com gritos de vingança contra motoristas atropeladores, mas com veemente pedido de PAZ E JUSTIÇA, esperança também dos familiares da vítima, até o momento sem qualquer resposta por parte do Estado.

Bicicletada Salvador Massa Crítica mencionou você no Facebook


Mensagem - Bicicletada Salvador Massa Crítica:

Gostaríamos de agradecer a todas as pessoas e grupos que compareceram ao Protesto/Manifestação Pacífica "Paz no trânsito, por uma cidade mais humana", no domingo, 17 de julho de 2011, na Avenida Centenário, Salvador - Bahia.

O protesto teve a presença de importantes grupos de ciclistas de Salvador, como:

- Itapagipe é do Pedal.
- Grupo Narandiba.
- Amigos de Bike.
- Amigos do Tony.
- ASBEB.
- ASBB.
- Mural de Aventuras.
- 100 destino.
- Subaí.
- Jarraw aventura no pedal.

Um agradecimento mais que especial ao grupo "Jabutis Vagarosos", dos amigos (e pioneiros cicloativistas baianos) Valci Barreto e Alberto Bugarin.

Um agradecimento muito especial a todas as participantes do grupo "Meninas ao vento - Pedalada Feminina de Salvador".

--

Sabemos e reconhecemos a importância de cada grupo que luta pelo respeito aos ciclistas. Uma manifestação como a de 17 de julho não poderia acontecer sem a mobilização e presença de cada um de vocês. Portanto queremos frisar que precisamos continuar unidos em prol dos nossos objetivos: Respeito aos ciclistas e uma cidade mais humana.

Obrigado e parabéns a Tod@s.
_______________________________

Gostaríamos de agradecer também a todos os meios de comunicação que estiveram presentes ao Protesto/Manifestação:

- Jornal A Tarde.
- Tribuna da Bahia.
- Correio da Bahia.
- TV Bahia.
- TV Aratu.
- Rede Record Bahia.
- Portal G1.
- TV Rua.
- Blog Bahia na Rede.

Obrigado a tod@s.


bicicletadassa@gmail.com
http://bicicletadasalvador.blogspot.com/


Obs. Pedimos que enderecem esta mensagem para os vários grupos ciclísticos citados pois não temos os e-mails de todos. Muito obrigado.

Manifestação e homenagem ciclística em Salvador/BA - 17Jul11

Manifestação e homenagem ciclística

2011 07 17 Homenagem Protesto7

2011 07 17 Homenagem Protesto6

2011 07 17 Homenagem Protesto5

2011 07 17 Homenagem Protesto4

2011 07 17 Homenagem Protesto3

2011 07 17 Homenagem Protesto2

2011 07 17 Homenagem Protesto1

2011 07 17 Homenagem Protesto

domingo, 17 de julho de 2011

ROBERTA COMENTA

roberta, sou um os que prega o uso do capacete e luva. USO AMBOS e estimulo seu uso. Mas há muita gente que pensa e age diferente. Posso afirmar que capacete salva vidas. 

muito obrigado pelo comentário.

valci barreto.

De: Roberta
Para: valcibarretoadv@yahoo.com.br
Enviadas: Domingo, 17 de Julho de 2011 11:31
Assunto: [BIKEBOOK.BLOGSPOT.COM] Novo comentário em MENINAS AO VENTO, ANA ELISA.

Roberta deixou um novo comentário sobre a sua postagem "MENINAS AO VENTO, ANA ELISA":

é menina legal sua iniciativa...
faltou item de segurança: Capacete
temos que dar exemplo garota...
beijos
Roberta 

HÁ ESPERANÇA

Valci Barreto




Alegres pelo encontro de amigos de pedais, inclusive da querida amiga de muitos Jabutis, Elena Orge, afastada dos pedais  por medo dos veículos, e que  ali esteve somente para prestar a sua solidariedade e apoio ao movimento,  muitos de nós não conseguimos conter as lágrimas ao ver Drica levando flores para os símbolos da violência no transito;  e ao ouvir e ver a  fala e lágrimas dos familiares  do ciclista ,atropelado e morto naquele local,  Jaimilson Santos Bonfim. Apesar da tristeza, risos e lágrimas diziam, eloquentemente que há esperança.

Valci.

2011_07_17 Homenagem_Protesto



Mais fotos no muraldebugarin.com

Postado por Bugarin

Grupo faz ato simbólico em homenagem a ciclista

Leia reportagem neste link http://www.atarde.com.br/noticia.jsf?id=5745445 .
Do jornal A Tarde.

Postado por Bugarin

ruas sustentaveis de ny