segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Acorda Brasil! Nióbio: Brasil 98 X 2 Canadá



Assistam esse video antes que retirem do YouTube

Vídeos enviados (lista de reprodução)

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

V E N D O Bike



Specialized HardRook  21 marchas, shimano aero, passador shimano rapd fire amortecedor dianteiro é original, pouco uso.
Valor R$1.000,00 (hum mil reais) tem conversa.
Contato: cel: 8633 - 1433/9230 – 3606
Saulo Wrobel
Postado por Bugarin

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

RETORNO DOS PINGAS - GRUPO CICLISTICOS

 O retorno dos Pingas, Grupo de ciclistas da Caixa D água, o coordenador deste grupo Roberto Fernandes anuncia a sua volta com o apoio de Tony amigos do Tony pedalando juntos.

Postado por Bugarin

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

INSTALADAS MAIS DUAS LOJAS DE BICICLETAS EM SALVADOR.


VALCI BARRETO.
 
A vedete do século em matéria de mobilidade urbana, propostas em favor da saúde , da economia e da Ecologia,

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

PEDAL DA ASBEB.


Valci Barreto.
Em todos os pedais da ASBEB, é muito natural que apareçam pessoas que não sabem como funcionam, não respeitam os comandos dos organizadores, 

NATAL FELIZ CRIANÇAS AMIGOS DO TONY


 NATAL FELIZ CRIANÇAS CARENTES - GRUPO AMIGOS DO TONY

AGRADECIMENTOS AOS GENTIS COLABORADORES:

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

FESTIVAL GASTRONÔMICO DA RIBEIRA - 02 A 09 dez 12

Ribeira recebe Festival Gastronômico rumo à Copa de 2014. Acontecerá no período de 02 a 09 de dezembro, a 1ª edição do Festival Gastronômico da Ribeira Rumo à Copa de 2014. O evento é resultado de uma parceria entre a Secretaria Estadual para Assuntos da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (Secopa) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas da Bahia (Sebrae). O festival que terá oito dias de duração, contará com a participação de 14 restaurantes, que apresentarão diversificadas receitas, criadas especialmente para o evento, todas seguindo a temática sugerida: “Sabores Brasileiros”. Com a proximidade da realização da Copa das Confederações 2013 e da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™, o evento pretende dar visibilidade à gastronomia baiana e a um dos mais belos e importantes pontos turísticos de Salvador: a Ribeira. Outras atividades também estão programadas para os cinco dias do festival, dentre elas uma irreverente rodada de cerveja gelada na praça, uma feira de artesanato, a apresentação de copeiras e o desafio de garçons, que disputarão de forma divertida as suas habilidades profissionais. Confira aqui os restaurantes que participarão do evento: A Bordo, Bar Veleiros, Bogary, Gosto do Mar, La Gula, Novo Catraia, Pizzaria La Dolce Roma, Pizzaria Recanto da Itália, Recanto do Mar, Restaurante Bombordo, Comas Bem, Restaurante Tropical Beach, Sorveteria da Ribeira e Varanda Ribeira. O festival conta com o apoio de várias entidades, como o Siga 2 Itapagipe, os Territórios Criativos, a Rede Cammpi, do Programa Moderniza e da Saiteria.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

NivaSouto: BARRA DE SIRIBINHA - BAHIA

NivaSouto: BARRA DE SIRIBINHA - BAHIA

Oi Leu maneiro essa barra, já passeio um mês ai indo para tudo que é canto, mas o mais interessante são os cachorros que moram do outro lado do rio e eles atravessam nadando todo dia eu curtia isso.
abraço
Bugarin

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

A & M Bicicletaria

aqui o link para ver as fotos

http://galeria.muraldebugarin.com/index.php/2012_11_22-A-M-Bicicletaria

Postado por Bugarin

domingo, 18 de novembro de 2012

JABUTIS, NO FERIADÃO, COM CASAL PAULISTA.


Acionados pelas redes sociais, fomos contactados  que que desejava conhecer Salvador em bicicletas. Engtre os grupos examidados,segundo eles, o escolhido foi o Jabutis Vagarosos.
Apesar de todo o “lenga lenga”, da Cartilha do Jabutis Vagarosos, que desanima muita gente até de lê-la,  e indicação de outros grupos de Salvador, afirmaram com convicção: eu quero o jabutis.
Foi assim que pedalaram conosco, durante o feriadão de novembro,  o casal MARCELO, cozinheiro e Alessandra Uungaro, profissional de Marketing da Citzen.
Fizemos o roteiro do Centro da Cidade, passando por Dique do Tororó, Feira da Sete Portas, onde comemos no Rei do Mocotó o delicioso pirão de dona Nice; Feira de São Joaquim, Comercio, Pelourinho, onde tomamos o delicioso sorvete do francês, LE PETIT.
Ciceroneado por Deraldo Dias, que pedalou um dia conosco, mostramos o interior do Iate Clube da Bahia. Estivemos também na   Ceasinha do Rio Vermelho, que merece um destaque especial.
 
NA CEASINHA DO RIO VERMELHO.
Em um dos nossos passeios de bicicletas por  Salvador,   descobrimos, na Ceasinha do Rio Vermelho, os box: Restaurante Donana, que serve um delicioso café nordestino, o Box do Alemão, com sanduiches  de salsichão, e o Le Petit Café, a alta gastronomia em um local simples, que tem como chef o mineiro Paulo.
 
Pois bem, o nosso Jabutis, com o casal paulista,  foi muito especial, e aconteceu no sábado.
Pássávamos  pelo Porto da Barra onde estava um ciclista paramentado com capacete. Abordei-o pensando tratar-se de uma pessoa que fui apresentado por um amigo em um dos nossos passeios. Descoberto que não nos conhecíamos,  ficou no até logo nosso, respondido com simpatia  por ele  que contemplava a beleza do Porto da Barra.
Seguimos em direção à Ceasinha do Rio Vermelho, parando pelos caminhos para mostrar pontos como a colônia de pescadores do Rio Vermelho.
Adentrando o novo espaço gastronômico da Ceasinha, estava um casal no Box do Alemão, ele vestindo a camiseta do Bahia e   com muito simpatia, nos aborda sobre bicicletas . Alguns segundos após  foi que percebi tratar-se do ciclista cumprimentado no Porto.
O resultado deste encontro foi  uma série de estórias e historias  contadas e ouvidas pelo casal Eleonora , veterinária, irmã de Letieres Leite e o “inenarrável” “imbiográfavel” jornalista, Assessor do Tribunal de Contas do Municipio, Navarro.
Não saberia resumir aqui tudo que ali foi conversado.  O certo é que chegamos aproximadamente  às 13.30 e só conseguimos sair quase às 18 horas, com os seguranças perguntando pelo “pessoal da bicicleta”, já que  o espaço onde as deixamos iria fechar.
Entre os mistérios que nos “impuseram” a permanecia , pesaram muito:  Navarro fora editor de minha  filha Luciana Barreto, no  Caderno Repórter do Correio da Bahia.
Depois de mil estórias e histórias da relação de Navarro e Luciana como repórteres do Correio,  eis que, lá pelas 16 horas,  Marcelo começa a contar um dos motivos da sua visita a Salvador e o porque de ter insistido tanto em conhecer o Mercado da Sete portas: um show que assistira do Letieres Leite em São Paulo. Mal terminada a   pronuncia do nome do artista baiano, grita Navarro: olha a irmâ dele aqui, quase ao mesmo tempo gritado emotivamente por  Eleonora: ele é meu irmão.
Meus amigos, ai ouvimos as emoções dos dois “biografando”, o Letieres.
Para resumir, là pelas 16 horas, preocupado com o casal paulista que veio aqui para pedalar , conhecer coisas da Bahia, dirijo-me baixinho para Alessandra, ao meu lado: estou preocupado com vocês que não estão pedalando, já estamos aqui há muito tempo, vamos seguir para vocês não se prejudicarem, vamos nos despedir do pessoal? Com um jeitinho imitando o dengo e a fala baiana, responde Alessandra: poxa, mais aqui tá tão bom!!! Foi a senha para eu não mais me preocupar: estavam gostando do encontro , do local, das estórias/historias.
No meio disso, vem de lá Paulo, associando pães  e iguarias do Box do Alemão e do Le Petit Café , que na hora de pagar foi que percebemos que não entravam nas contas das nossas despesas: era cortesia de ambos.
Desmaiamos, quase, não pelo que deixamos de pagar, obvio, mas pelo gesto de carinho ao papo, ao congraçamento, ao jabutis, às boas histórias que, confesso, há muitos anos não experimentava em tamanha dimensão.
Já praticamente fechando o espaço, provoca ainda o Navarro,” vamos terminar este papo lá em casa, garanto cerveja gelada e tira gosto”. Não dava para aceitar! Aí já seria abusar!
Ficou para a próxima, como determinam os cultores do vinho: deve ser aos poucos a melhor forma de curtir.
Meus,  agora amigos Navarro e Eleonora, vocês não estão dispensados deste encontro: apenas adiamos!!!
JABUTIS, DO SEU JEITO, VAI A SANTO AMARO.
O jabutis seguinte foi no sábado que havíamos agendado para irmos a  Santo Amaro da Purificação.
Do jeito que  programamos,  às 7.30 estávamos na Rodoviária de Salvador, em quatro: valci, itana, Marcelo, Alessandra. Iriamos mostrar a Maniçoba e a feira de Santo Amaro da Purificação.
As 8.30 estávamos colocando nossas bicicletas no ônibus da Santana que transporta bicicleta sem carimbos, burocracia ,demonstrando seus funcionários, tanto os de Salvador como os de Santo Amaro ,  um carinho muito especial no transporte das nossas magrelas.
Tomamos café em uma das padarias (depois ponho aqui o nome, local que já conhecida de outras idas a Santo Amaro), e nos dirigimos para a feira. Fiquei ao lado das bicicletas enquanto o pessoal ia visitar a feira, já que no local não havia locais para  guarnecê-las e estávamos sem cadeados.
Enquanto eu aguardava o retorno do pessoal, fui abordador por um senhor ,  boné estilo italiano que,  com muita simpatia começa a falar das bicicletas, perguntando de onde víamos. Nasceu ali uma nova amizade. Era o Roque, aposentado de uma indústria de papel de Santo Amaro.
EM BUSCA DA COCADA PERFEITA.
Marcelo tentava, e eu também, encontrar  a cocada rara: de coco ralado , feita artesanalmente. Perguntando ao Roque, ele responde: há uma senhora que sai vendendo pelas ruas. Ela mora no bairro.....posso levar vocês até lá.
Seguimos Roque pelas ruas de Santo Amaro como nosso guia, EM BUSCA DA COCADA PERFEITA, como dito por Marcelo. Encontrado o bairro, mas procurando a casa, e tivemos a informação de que a senhora se mudara do bairro. Mas que havia uma outra por ali que fazia a mesma cocada.
 Por coincidência, estava ela na porta, e também por coincidência, era amiga de infância de Roque. Ai foi festa, mas dona......não tinha cocada e,  apesar das brincadeiras da turma: “faça cocada pra gente, vamos passear e voltamos. ” Dona....  não se rendeu: estava em seu dia de descanso. Mas nasceu ali o caminho para nossas próximas investidas . A final, uma pessoa, um endereço da “coada perfeita “ foram localizados.
ALMOÇANDO NO PONTO DO VITAL.
O local escolhido para o almoço foi o Ponto do Vital, ao lado do Subaé, em frente ao Estádio Municipal de Futebol.
Vital é um grande da cozinha do recôncavo, estudioso, autodidata,  e seu restaurante é frequentado por turistas, artistas, notadamente  do recôncavo baiano,  como Caetano , Jorge Portugal, Raimundo Sodré.
Além de ensinar coisas da cozinha do recôncavo para o Marcelo, indicou a fornecedora do DEDE PERFEITO: o que é encontrado em alguns pontos da Feira de Santo Amaro, indicado a sua fornecedora, dona  Das Neves.
Comemos moqueca de peixe e sarapatel , na base do lambendo os dedos após.
COM DAS NEVES NA FEIRA DE SANTO AMORO DA PURIFICAÇÃO.
Após o almoço, que só não foi completo por falta de uma rede, um colchão em espaço com ar condicionado, segundo Alessandra, seguimos para a feira em busca do Dedê.
Adentra a feira o Macelo, experimentando vários dendês, imaginando que dona das Neves não mais ali se encontrava, quando alguém indica: Das Neves está ali!
Estava uma senhora sorridente, humilde,  doce, a menos de dez metros de nós. Fomos até ela. Degusta Marcelo o seu dedê e diz, gravando em vídeo: “
o mestre Vital indicou o certo; aqui está o tesouro que procurava. A cocada perfeita não foi localizada, mas o dede, sim.”
Nasceu ali, naquele momento, o convite de dona DAS NEVES,  para gravarmos tudo que sua família faz para extrair, artesanalmente, o DEDE PEFEITO, referido por Marcelo e Vital.
Garantimos para dona Das Neves que assim faremos em um futuro bem próximo.
Com o dedê na sacola, retornamos para a Rodoviária, colocamos nossas bicicletas  e chegamos em paz e já descansados em Salvador.
DICAS PARA QUEM QUER VIAJAR TRANSPORTAR BICICLETAS EM ONIBUS.
-Ligar antes para a empresa para saber se ela transporta bicicletas. Algumas não transportam.
-se cobram taxas para o transporte.
-qual o valor do transporte . Algumas cobram uma pequena taxa, outras não cobram.
-Deve o ciclista comprar com antecedência as passagens e chegar à rodoviária, já no guichê de embarque  pelo menos meia hora antes da saída, pois muitas vezes, mesmo o ônibus permitindo o transporte de bicicletas, só o farão se não já estiverem ocupados por outros passageiros com bagagens.
-E ao chegar, de imediato, tirar a roda da frente e baixar os bancos para facilitar o transporte. Se não baixar os bancos, a bicicleta nem sempre entra no  porta  mala.
-Se dobrar ou retirar o pedal, melhor ainda, principalmente se o transporte for de mais de uma bicicleta.
-Aguardem o próximo Jabutis, ainda não agendado, para cahoeira , São Felix, Ilha de Itaparica, Santa Terezinha e Euclides da Cunha. E sempre em ônibus até o destino.
Informações mais completas, inclusive para viagens mais longas em bicicletas, indicamos o site:
ONDEPEDALAR.COM, de Marcelo Rudini, que por duas vezes pedalou conosco na Bahia.
Fotos e vídeos dos nossos passeios e ações em favor das bicicletas podem ser encontradas no
Muraldebugarin.com
You tube, procurando por valci barreto, pedalando em  salvador, muraldebugarin.com 

Valci Barreto, advogado, Jornalista,  Procurador da Fundação Cultural do Estado da Bahia.
ESCRITORIO DE ADVOCACIA: Rua Djalma Dultra, 350, Shopping Sete Portas,  em frente a CLAUDIO SOM, box 06 - CEP : 40.255.000
Salvador Bahia.

fones: 
99999221 tim
87401214 - oi
34888410 - livre
facebook/valcibarreto
bikebook.blogspot.com
bikebook.blogspot.com.br

Hora marcada por fones ou e mail.


facebook/valcibarreto

Postaado por Bugarin

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

PEDAL A JAUÁ


O grupo Itapagipe é do pedal, antecipando seu passeio mensal para o dia 4 de novembro, uma vez que o cronograma da ASBEB realiza o pedal no segundo domingo, realizou o pedal para Jauá, contando com a presença de varios integrantes do grupo, onde podemos testar nossos limites e desfrutar do convívio harmonioso entre o grupo.
Escolhemos o roteiro direto pela paralela, tendo nosso companheiro Adelmo retornado do paralela shoping por conta de compromissos familiares, continuando o grupo em frente sem muito oba-oba nem apitaços, sem pressa, podendo admirar a paisagem e os acontecimentos ao redor, o que passa despercebido quando se anda com muita velocidade, demonstrando pressa desnecessária, deixando de curtir um bate papo entre sí para troca de experiencias e o convívio que se faz presente quando se anda sem stress, diminuindo os riscos e os perigos das vias e obstáculos, podendo todos se preocuparem com todos como um só. O trajeto transcorreu sem nenhum tipo de incidente, tendo conseguido chegar na mais completa harmonia.
Chegamos á Jauá próximo ás10:00hs, encontrando o Mestre com seus companheiros que lá ja se encontravam onde aproveitamos para um seção de fotos. Apreciamos a paisagem, o clima, o vai e vem do lugar enquanto tomáva-mos agua de coco, para reidratar, e procuramos um local para descanso, uma vez que a proposta era curtir o lugar, para retornar apenas pela tarde. Encontramos a BARRACA DA JANE, que nos recebeu com muita presteza, num local familiar e a simpatia de Gleice, que nos deixou a vontade bem como sua mãe e seus irmãos. Sim, toda a familia atende nesta barraca, como se estivessem recebendo um familiar em casa, realmente uma beleza. Recomendo aos ciclistas que visitarem o local, esta barraca, que disponibiliza banho, estacionamento para as bykes, total segurança, conforto e atençâo. De parabéns a BARRACA DA JANE, nosso muito obrigado a toda a equipe pela acolhida e atendimento, e tenham certeza que retornaremos outras vezes.
No nosso retorno contamos com alguns incidentes, nada que não fosse previsto e solucionados, como o pneu furado de um, logo solucionado, ou a quebra da catraca de um outro integrante, onde contamos com a compreensão e atenção do motorista e cobrador da Empresa Costa Verde, que não apresentou nenhum impecilio para colocar-mos a byke no onibus para o retorno do companheiro da Av. Suburbana, e ainda a quebra do eixo do companheiro Alex, mais um vez a empresa Costa Verde disponibilizando os meios necessário para o transporte da byke e do colega. Nosso muito obrigado, estando de parabéns a empresa, pelo trato, educação e compreensão de seus servidores. Chegamos á Av. paralela e desviamos pela av. Gal Costa, fazendo uma rápida parada no restauranto do Galego, daí pegamos o acesso á Estação Pirajá, Campinas e descemos para o Alto do Cabrito onde ficaram os integrantes da suburbana, e nos dirigimos para a Ribeira pelo Lobato, onde chegamos antes das 18:00hs, com o corpo leve, e muito felicidade por um dia tão harmonioso.
UM ABRAÇO A TODOS OS INTEGRANTES PARTICIPANTES DO PEDAL.

Postado por Bugarin

sábado, 27 de outubro de 2012

Brechó Eco Solidário


  •  Parque da Cidade, saindo às 8h30 do Largo da Mariquita.
  •  Pedal para irmos de bike ao Brechó Eco Solidário. Pedal levíssimo.

    O Brechó Eco Solidário é um grande mercado de trocas de bens usados, feira de economia solidária e uma série de atividades que se propõem a ser “práticas do futuro emergente”. Este é o conceito do Brechó que acontece no final de semana (20 e 21 de outubro), das 9h às 17h, no Parque da Cidade, em Salvador.

    Durante os dois dias, o público poderá trocar seus bens usados por “grãos” (Moeda do Brechó) no local. Além do mercado de trocas e da fe
    ira de produtos de cooperativas baianas, haverá aulas de ioga, de biodança, de qi qong, de massagens, de reiki, apresentações de música e dança além de atividades de educação ambiental.

    Almoço, lanches e artesanatos serão comercializados pela moeda R$ (real).

    Mais detalhes e programação do evento e palestras:

    http://ecobairro.wordpress.com/2012/10/03/brecho-eco-solidario-2012-comeca-dia-20-no-parque-da-cidade/

    http://www.brecho-ecosolidario.blogspot.com.br/p/programacao.html

terça-feira, 16 de outubro de 2012

MAIS UMA ETAPA DO CAMPEONATO BAIANO DE REMO - 21OUT12

FEDERAÇÃO DOS CLUBES DE REGATAS DA BAHIA Campeonato Baiano de Remo 2012 tem regata no final de semana. No dia 21 de Outubro (domingo), a Federação dos Clubes de Regatas estará realizando o seu campeonato, com a realização da 4ª Etapa do Calendário Oficial, a partir das 09:30 horas da manhã, na Enseada dos Tainheiros, na Ribeira, com a participação de quase 100 atletas, e a realização das provas nas categorias sênior, júnior, principiante, sub – 23, masculino e feminino. Com a participação de atletas que obtiveram resultados satisfatórios em disputas no Troféu Brasil 2012, Júnior e Sênior, acontecido na raia da USP – São Paulo, inclusive, mantendo a hegemonia da região e trazendo títulos para a Bahia, a 4ª Etapa promete ser bastante disputada, mostrando o potencial do esporte no Estado, com seus atletas querendo a todo custo, ganhar as provas e partir para uma vitória consagradora na regata. O Esporte Clube Vitória e o Clube de Natação e Regatas São Salvador, prometem fazer excelentes provas, já que o título baiano apesar de ganho pelo rubro negro, sempre mostra a competitividade desses clubes, trazendo grandes pegas no mar no decorrer das provas. Os clubes Itapagipe e Sport Club Santa Cruz também querem conquistar provas, dificultando a disputa pelo título da regata, servindo de atrativo para os admiradores do remo, tornando pequena a região da Ribeira, com um público estimado em 3 mil espectadores. A 368ª edição do Campeonato Baiano de Remo chega a sua realização, com regatas organizadas e atletas de excelente nível técnico, mantendo as tradições de um esporte forte e competitivo, praticado desde 1904. O evento tem o patrocínio da Embasa – Empresa Baiana de Saneamento, Hapvida Saúde e Chiasi, com o apoio da Marinha do Brasil, Governo do Estado da Bahia, Sudesb, Polícia Militar, Prefeitura Municipal de Salvador e Instituto de Cultura Brasil Itália Europa. Programação 09:30 h. - Hino Nacional 10:00 h. - 1ª prova: 2 X Júnior 10:20 h. - 2ª prova: 1 X Fem. Sub 23 10:40 h. - 3ª prova: 4 + Sênior 11:00 h. - 4ª prova: 1 X Sub 23 11:20 h. - 5ª prova: 2 – Sênior 11:40 h. - 6ª prova: 2 + Principiante 12:00 h. - 7ª prova: 4 – Sub 23 12:20 h. - 8ª prova: 2 X Fem. Sênior 12:40 h. - 9ª prova: 4 X Principiante 13:00 h. - 10ª prova: 8 + Júnior

sábado, 6 de outubro de 2012

Passeio ASBEB

AMANHÃ NÃO HAVERÁ O PASSEIO ASBEB DEVIDO AS ELEIÇÕES, O PROXIMO PEDAL SERÁ DIA 11 DE NOVEMBRO

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Massa Crítica Salvador - Ba


Postado por Bugarin

Cores e contraste


Postado por Bugarin

CORES & CONTRASTE


Salomão Zalcbergas traz exposição Cores e Contrastes, para Teatro Gamboa Nova em Salvador-
Bahia.

Cores e Contrastes é o nome da MOSTRA que o artista plástico, Salomão Zalcbergas, estará expondo em Outubro e Novembro no Teatro Gamboa Nova.

Com uma rica variedades de temas o artista, apresenta 15 obras que estabelece um dialogo de contrastes com suas cores fortes e vibrantes que caracterizam o estilo e suas pinceladas.

Conhecido por registrar em suas obras, a natureza e as casas antigas da chapada diamantina, começaram em 2006 a retratar a vida dos moradores da região, seu cosmo simbólico e cotidiano que compuseram as
exposições ‘Simplicidade’, ‘Estórias da vida’ e ‘Lembranças da Terra’. A partir de 2008 vem realizando a céu aberto, nos muros e nas casas dos moradores do vale, exposição que retrata além da natureza, a memória e o convívio dos nativos, cenas do olhar do artista sobre o cotidiano bucólico e a vida simples do interior.

Acadêmico e professor, com formação em Belas Artes, Salomão é um conservador renitente, mas ao mesmo tempo um libertário irreverente.

Pintor, ilustrador, artista gráfico e escultor, Salomão é paulista de nascimento, mas baiano desde criança. Filho de lituanos veio para Salvador aos oito anos com os pais – que teriam preferido uma carreira castrense para o menino.

Chegou a realizar exposições na Bahia e na França depois de passar pela Escola de Belas Artes da UFBA, na década de setenta, mas acabou por radicar-se no Capão da Chapada Diamantina.

De volta a Salvador desde 2003, retoma a produção de artes plásticas. O artista conta com o apoio do diretório de arte – Espiral Galleria.

Espiral Galleria Arte / Cultura / Web

Roots Culture Agência Produtora - www.rootscult.com - CNPJ. 10.638.791 /0001.-33
Rua Portal Beira Rio n.564 - sala 5 , Centro / Lauro de Freitas, Bahia, 42.700-000

Breve histórico:

2005- Emoções Humanas, Casa do Comércio;
2006-Exposições Itinerantes nos muros do vale do Capão;
2007-Simplicidades na Casa do Comércio
2007 Exposição com temas religiosos no Lobby do Hospital Salvador –
Salvador-BA
2007 ; Estórias da Vida no SENAC/Pelourinho - BA
2008- Lembranças da Terra, no SENAC Pelourinho;
2008- Exposição Coletiva “Alizarim” no Inet- Comércio Salvador - BA
2009 – Pataxós Cores e Costumes – Porto Seguro - BA
2009- Arte Sempre Viva, no Teatro da Gamboa Nova; Cores na Chapada
SENAC Pelourinho;
2010- Cores Brasilis no Teatro da Gamboa Nova;
2010 - Exposição ao Ar Livre no Festival de Jazz em Capão –
Saga do Café – pintura feita na parede da Associação e Correios de Capão.
2010 - Intervenção Artística na Feira de São Joaquim – Salvador - BA
2010- Exposição Capão, Memórias & Cores no Foyer da Biblioteca Pública da
Bahia – Salvador - BA
2010 – Exposição Itinerante Capão, Memórias e Cores na Assembléia
Legislativa da Bahia – Salvador - BA
2010 - Ocupação Artística no Centro de Abastecimento em Feira de Santana -
BA
2011 – Intervenção em Capão– Chapada Diamantina
2011 - - Exposição ao Ar Livre no II Festival de Jazz em Capão – Chapada
Diamantina
2011 – Exposição Coletiva “Espicha Verão” – Projeto da BAHIATURSA -Ribeira
–Salvador - BA
2011 – 1º Exposição Coletiva da SINAPEV-BA - Sindicato dos Artistas
Plásticos e Virtuais da Bahia
2011 – Exposição Coletiva Feira de Arte do SINAPEV na Igreja de Santana -
Rio vermelho – Salvador-BA
2011 – Exposição Coletiva 4X4 no Atelier de Leonel Mattos – Rio Vermelho –
Salvador- BA
2011 – Exposição Coletiva “MOVIMENTOS” na Casa do Comercio -Salvador-
BA
2011 - Exposição Coletiva “Arte Comestível” – Atelier de Leonel Mattos -
Salvador-BA
2011 – Exposição Coletiva “ Projeto SACI” – Imbassai - Bahia.
2011- Exposição Vale do Capão - Encantos e Cores- Perini da Graça.
Exposições internacionais na Itália e na França

Serviço:

Espiral Galleria Arte / Cultura / Web

Roots Culture Agência Produtora - www.rootscult.com - CNPJ. 10.638.791 /0001.-33
Rua Portal Beira Rio n.564 - sala 5 , Centro / Lauro de Freitas, Bahia, 42.700-000

Cores e Contrastes

Exposição individual de Pinturas acrílicas s/telas de Salomão Zalcbergas
Período: 02 de Outubro a o3 de Dezembro -2012
Galeria Jaime Figura
Teatro Gamboa Nova

Maiores informações

www.rootscult.com

Tel/fax. 71. 3374.1388 - 99623971
Cel. 71. 96423934 - 93560232 –Yshay Halevy

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Convite Passeio ciclistico - FBB Bahia


A FEDERAÇÃO DE BANDEIRANTES DO BRASIL – BAHIA
junto com a FUNDAÇÃO DO CAMINHO,convidam para 
9º PASSEIO CICLÍSTICO e o TANDEM TOUR
“Solidariedade de mãos dadas com a diversidade, Sonho que se sonha junto 
é realidade” 

Data: 11 de novembro de 2012, 
Local: Saída- Itapoan 08:30
Chegada- Av. Centenário

Para participar basta trocar 02 kg de alimentos não perecíveis pela camisa do evento ou sacola reutilizável. Os itens arrecadados serão destinados às Instituições beneficentes cadastradas,
pela Federação de Bandeirantes.

Atividades culturais das 09:00 as 12:00 na Av. Centenário: 

Oficinas de arte, reciclagem, 
incentivo a leitura, 
alimentação /nutrição, 
educação ambiental, saúde e sorteio de brindes...

Informações: fbb.bahia@bandeirantes.org.br
telefones (71)3247-6906 / 3235-9347
www.bandeirantes.org.br
Fundação do Caminho – Alagoinhas - Bahia: 
www.fcaminho.org.br / contato@fcaminho.org.br
telefones(75) 3421-9829

Passeio dos Amigos de Bike DSC_4623.MOV

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Bike & Cine


Evento de amigos · De Rosa Maria LeiroRafael Brito Gome 
Quarta 18:45
  •  
    Sala De Arte Cinema Da Ufba, saindo às 18h45 do Largo da Mariquita
  •  O Circuito de Cinema Saladearte realiza uma promoção nesta quarta, 26/09, na sessão do filme "Tropicália",

terça-feira, 4 de setembro de 2012

CONVITE PEDAL DE ANIVERSÁRIO


Como acontece todos os anos, o grupo ITAPAGIPE É DO PEDAL estará realizando seu pedal comemorativo de aniversário no próximo domingo dia 09 de setembro de 2012.

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Já confirmaram presença: Albino Rubim, Arany Santana, Fernando Portela, Jaime Sodré... Apareçam!

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Pesquisa sobre o uso da Bicicleta em Salvador

Por Pablo Florentino  Prezad@s,

Echamada para participar da pesquisa que o coletivo Mobicidade,
Amigos de Bike e ASBEB estão promovendo.

Participem e divulguem.

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Pedal Mensal do Grupo Itapagipe


Como acontece todos os meses no segundo domingo,  estaremos realizando nosso pedal mensal nesse próximo domingo dia 12 de agosto de 2012.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Convite para exposição fotográfica


Queridos amigos, no próximo dia 26 de julho, quinta-feira, às 20h, no Forte do Santo Antônio, aqui no largo do Santo Antônio Além do Carmo,

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Campeonato Baiano de Bicicross


No dia 29/07/2012   as 09:00h, por favor conto com voce para divulgar e convidar todos
amigos para prestigiar o nosso evento, estou esperando voce tambem. Na pista todos vão
ganhar um cupom para participar do sorteio de uma bike grarde de 18 machas.
obrigado;   Gerson Almeida  (ASP-BMX)



Postado por Bugarin

Vamos prestigiar

terça-feira, 10 de julho de 2012

CONVITE PARA AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE TRANSPORTES

Convite para Audiência Pública sobre Transportes O SIGA-II Itapagipe, têm a honra de convidar Vossa Senhoria para participar da Audiência Pública com a SETIN – Secretaria de Transporte e Infra Estrutura, a ser realizada no próximo dia 12 de Julho de 2012, das 08:30 horas até ás 14 horas, no Auditório da Biblioteca Pública do Estado da Bahia, sito à Rua General Labatut, 27 - Barris, para discussão do Processo de Contratação da Concessão dos Serviços de Transportes Públicos da Cidade do Salvador. Elney Pitangueira de Andrade Administrador Regional do SIGA II Contatos: (71) 3312 3584 / 9623 4831 / 9953 5500

Passeio do mensal do Grupo Itapagipe julho 2012.


Dia 08 de julho, Domingo, foi realizado o pedal do grupo itapagipe é do pedal, que saiu largo da madragôa percorrendo a Av. San Martin, Luis Eduardo, Paralela, Jorge Amado, Boca do Rio seguindo pela orla até o farol da barra.

Convite de inauguração da loja Ju Drummond Acessórios e Consultoria de Moda

Queridas amigas e amigos,

É com muita felicidade que convido vocês para um momento único da minha vida,

sábado, 7 de julho de 2012

Nota de Falecimento


Prezados amigos,

Informamos que o menor Lucca Ribeiro, primo do nosso companheiro João Paulo (JP), foi atropelado quando estava pedalando hoje pela manhã na Estrada do Coco e veio a óbito.

sexta-feira, 6 de julho de 2012

MÍDIA MUTANTE

(texto: Itana Mangieri) O comodismo é tanto que, quando altera-se um horário, uma rotina, um hábito ou qualquer coisa que nos faça pensar, antes de mais nada, reclamamos ! Chega a ser engraçado, e até hipócrita, a quantidade de telespectadores que reclamam da inutilidade cultural dos realityshows e dos programas dominicais, dos deselegantes narradores esportivos, da futilidade dos programas femininos, das cenas inapropriadas para menores de 10 anos em filmes e novelas e dos apelos violentos ou sexuais de diversos outros programas da televisão brasileira, sejam eles, ou não, copiados da criatividade comercial de emissoras internacionais. Se o objetivo é ter ibope, o importante é ter alguém parado na frente de uma TV cerebralmente imobilizado. No ultimo dia 25 de Junho/12, uma emissora mudou sua programação matinal, que a mantinha com desenhos animados há mais de 40 anos, e houve uma enxurrada de contestações e reclamações revoltosas. Motivos para tal mudança não faltam, porque o horário reservado, até então, às crianças não gera retorno financeiro esperado aos anunciantes, pois seus telespectadores-mirins ainda não decidem por compras efetivamente, mas seus pais sim. O problema é que seus pais, em maioria, estão distantes da TV, neste horário, para serem influenciados ao consumo. O horário matinal é neutro comercialmente para a maioria dos adultos, mas muito utilizado como “babás-virtuais”. A faixa etária infantil (nicho de mercado) se manterá nas manhãs de sábado quando os pais desejam ou possuem mais tempo para acompanhar seus filhos na frente da TV. Desenhos animados são importantes para o desenvolvimento imaginário, criativo e lúdico de qualquer criança, mas para ser utilizado como babás-virtuais, continuarão disponíveis em alguns outros canais de TV aberta e em vários canais fechados, exclusivos para crianças. O serviço de babá-virtual está sendo comercializado tanto quanto já é o serviço de babá-real. Essa nova programação também foi motivada pela mudança de hábitos dos consumidores que não assistem mais TV em grupo / em família (a não ser quando se trata da transmissão de um jogo de futebol em final de campeonato), pois cada filho ou cômodo da casa possui uma TV para interesses diferentes (quando economicamente acima do índice de pobreza/miséria). Uma conceituada âncora foi a escolhida para dar vida à este conceito de informação simples todas as manhãs. Informações cotidianas e banais debatidas e discutidas por diferentes pessoas e públicos. A fórmula do programa é simplória, mas trata de assuntos de uma maneira educada e coerente até para que crianças compreendam diferentes aspectos, do que está sendo informado com lógica e atualidade. E como a maioria dos assuntos de “gente grande” não prenderá a atenção da maioria das crianças, essas se distanciarão da TV e até procurarão seus brinquedos, livros, amiguinhos e seus pais para dividirem e esclarecerem suas descobertas e dúvidas infantis. Será que esta novidade está causando indignação pela simplicidade do molde dos assuntos abordados neste programa ou porque muitas mães perderam suas babás-virtuais e terão que dedicar-se mais aos seus filhos pessoalmente pela manhã ? Há opções de desenhos animados em outras emissoras ou vídeos-games ou matricular seus filhos em escolas em período integral. Mexer na zona de conforto das pessoas, arraigadas a uma rotina de décadas, é mais estressante do que analisar as mudanças no comportamento social e adaptar um novo conceito de informação, mesmo que isso leve anos de pesquisa e possa alterar costumes morais e gerais da população sobre uma profissional competente na apresentação de informações para a massa. Independente se o programa terá sucesso ou não, um “empurrãozinho” foi dado para que crianças aproveitem as manhãs brincando e praticando suas incalculáveis criatividades imaginárias e positivas longe das TV’s. Fico imaginando qual será a reação do telespectador adulto se as emissoras extinguirem os realityshows, os programas de domingo a tarde, os humorísticos noturnos de risadas duvidosas ou as transmissões ao vivo dos jogos de futebol dos campeonatos estaduais ou o Brasileirão ? Greve geral ? As emissoras não estão preocupadas com as reclamações ou reação do telespectador na frente da TV (mesmo porque, se ele se revoltar, pode quebrar sua TV ou sua casa e não trará prejuízos aos estúdios de gravações), mas os anunciantes, que patrocinam a indústria da mídia que analisa o telespectador/consumidor, esta sim, está interessada no seu comportamento e consumo após ser influenciado pelos anúncios, propagandas, insinuações, incitações, ....

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Pedal julho 2012.


O Grupo de ciclismo Itapagipe é do pedal, vem comunicar a todos que domingo próximo, dia 08 de julho de 2012, estará realizando seu passeio mensal, devendo como de costume sair de largo da madragôa na ribeira, desta vez ás 08:30hs, devendo a concentração acontecer a partir de 08:00hs.
Esperamos todos os adéptos do pedal para encher-mos de colorido, alegria e alto astral as ruas e apreciar-mos o visual matutino de salvador, principalmente a orla marítima, onde deveremos astar passando.
Agradecemos antacipadamente a presença de todos.
Ruy
Grupo Itapagipe é do pedal
Contato 8194-2894.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

quarta-feira, 20 de junho de 2012

terça-feira, 19 de junho de 2012

Reporter Valci Barreto

Faculdade da Cidade

Inauguração da OAB em Barreiras

Fotos de Valci Barreto
Mais fotos no muraldebugarin.com em Galeria do mural
Postado por Bugarin




MOBILIDADE IMÓVEL

Texto: Itana Mangieri Há algum tempo venho acompanhando as manifestações sobre mobilidade urbana e, cada vez mais, fico surpresa com determinados radicalismos de todas as partes: cidadãos, ciclistas, motoristas e governo. Antigamente o sistema ferroviário permitiu a chegada do desenvolvimento à muitas regiões do país transportando produções agrícolas, máquinas, pessoas .... Infelizmente esse meio foi perdendo espaço para estradas que escoavam produções com maior agilidade. Isso gerou o crescimento na industrialização e popularização de veículos, ônibus e caminhões. Passado algum tempo, as estradas já não eram mais suficientes ou trafegáveis para tal quantidade de quaisquer veículos com segurança, pois a pressa e prazo, tornaram-se prioridades sociais. E todos sabemos que, com pressa, nada é feito com planejamento, adequação ou qualidade. Para isso basta sairmos de casa as 6:30 hs da manhã e participarmos de um trânsito caótico com ruas e avenidas travadas, ônibus entupidos, motoristas irritados, cidadãos apressados e atrasados. A necessidade e construção de mais ruas e avenidas, viadutos, corredores de ônibus e revezamentos de placas são medidas paliativas diante do crescimento do número de veículos. E o mesmo acontecerá com ciclovias e calçadas/passeios, pois a população cresce num ritmo maior. Mesmo que, estas demandas, fossem equivalentes, continuaremos num círculo vicioso porque falta o básico para que qualquer projeto sobreviva, ou seja, educação. É tão comum, e se tornaram banais, cenas do nosso cotidiano em que poucos cidadãos ainda se comovem com a falta de respeito pelos espaços e ruas públicas como motoristas de ônibus que não param em pontos porque tem horários a cumprir, não utilizando-se das vias exclusivas do lado direito, motoristas em geral que não respeitam faixas ou quaisquer sinalizações, dirigem ziguezagueando em alta velocidade, bêbados, exibindo som alto, jogando latas de cerveja e todo tipo de lixo pelas janelas, que não respeitam motociclistas e ciclistas, ou motociclistas sem capacetes, “costurando” nos corredores entre as faixas demarcadas (quando existem) nas ruas e/ou voando sobre veículos, acidentando-se cada vez com mais violência e traumas físicos, ciclistas pedalando também sem capacetes, do lado esquerdo das ruas e avenidas ou na contra-mão, pedestres que se recusam a compreender o real objetivo das faixas de pedestres, das passarelas e dos poucos minutos que os semáforos dividem de tempo para passagem entre veículos e pedestres. Dirigir qualquer veículo é fácil. Aprender e respeitar regras no trânsito é que está difícil ! A irresponsabilidade no trânsito é geral. Todos cometem negligências e são coniventes: motoristas, motociclistas, ciclistas, pedestres e governos públicos (municipal, estadual e federal) Sem educação ninguém sai do lugar ! Não adianta criticarmos governos e passeatas para construções de mais ruas, avenidas, viadutos, metrôs, corredores exclusivos, ciclovias, passarelas, faixas, etc ... se não houver conscientização de como utilizar uma obra pública com respeito, educação e solidariedade por todos. Infelizmente, hoje o que impera, é a lei do “esperto” e, a multa por infringi-la, é grátis. E nem o “terrorismo” ecológico vai mudar a situação caótica do trânsito (com ruas construídas com asfalto de pneus reciclados), pois ainda necessitamos da compreensão da população sobre a real diferença entre necessidade X conforto. Ainda existem seres humanos que tiram seus carros da garagem para exibi-los nas ruas com o objetivo de comprar meia dúzia de pães numa padaria a 100 metros de distância de sua casa contribuindo assim para o egoísmo social e saúde “Zero”. Se muitos motoristas não respeitam as leis de trânsito e dirigem bêbados, também não devemos ser ingênuos e acreditar que a distância de 1,5 metros, que um veículo por lei deve se manter de um ciclista ou pedestre, vai assegurar e garantir sua vida.